prosa de cada dia

então pensando bem. nesse dia. sábado. tomar um chá de camomila é prazer que preze. os pequenos prazeres da vida. assim como Amelie Poulain fazia. mas meu pensamento voa e vai longe. só tem a dizer com tudo o que se passa. com todo o sentimento. com todo o movimento. com a necessidade esvaindo no ar. “quais são seus valores? meu pai dizia pra mim quando eu era pequena e brincava de pique-esconde. “quais são seus valores?”eu pensava longe. e brincava. era bom. e eu não sabia. nostalgia minha. mas eu volto esse pensamento agora pra mim. e tento responder essa pergunta difícil, complexa que envolve muitos saberes. amor? bondade? Deus? não sei. a resposta pra essa pergunta é zero. é nada. é ficar a esmo. ou meditar. quem vai saber.

uma chuva que vem assim de repente e molha todas as flores do prédio. assim como eu escuto a música do final de semana predileto. “Wasting My Young Years”. London Grammar. escutei tanto essa música que não sei mais o que fazer da minha vida. por que a chuva não molha de novo? chuva venha molhar tudo; “A vida, meu amor, é uma grande sedução onde tudo o que existe se seduz” – página aleatória de Clarice Lispector; sabedoria divina. outro livro que eu abri aleatoriamente e descobri o cosmos no Universo inteiro. só que esqueci o que era que estava escrito. falava sobre o Ser. e segundo relatos, o livro foi alvo de separação de casal por motivos desconhecidos. pensei comigo. “mentira”. isso é invenção minha.

2 paul barbera

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s