pôr do sol

untitledpouco a pouco o dia escurece. está frio. não sei se chove. as nuvens se movem no céu. o Sol vai se pondo. dia-a-dia. normal. qualquer aceno já é uma graça. qualquer sorriso já é uma luz. momento fica. momento volta. vai e volta. envolta. eu fico pensando com meus parafusos: por que? e depois eu me estatelo no chão de quatro. em fatos. e depois eu me pergunto novamente: mas por que o que? então eu penso fundo. alto. peço socorro depois me abraço. escrevo rápido que é pra receber os bons fluidos das mãos. então eu digo: por que você? por que nós? por que? então eu volto para o céu que escurece lá fora;;;;mundo mais do que mundo se meu nome fosse Raimundo eu me atirava no mundo. e agora (SUSPIRO) o céu vai ficando rosa lindo. obra da natureza. beleza. mas que beleza. agora sim. agora poesia. agora flores. agora amores. um átimo de segundo. um suspiro e um pôr-do-sol lindo visto por entre-predios de uma janela de um quarto sem-fim.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s