indigo

Indigo_Revelation_27031é aquela cor azul. roxo. índigo. calibrado. aquele costume e mistura de cores. uma borboleta que voa. uma borboleta que pousa. uma borboleta que se liberta. momento fica. momento vai. é poema escrito em prosa. é escrita versificada em paz. é toda sorte de um anseio. é o que ele fica. é o que se faz. não se arrepende. não satisfaz. pra que tanta arte se no momento de céu a terra cai? fico sem chão. fico sem ar. meu coração, é meu mar. o que dizer de tanto colorido escrito em mundo quando se passa pelo Jardim Botânico. tanta arte. tanto grafite. eu quero mais. azul, vênus. terra marte, eu voo alto eu transcendo cores. eu vou andando em Universos Cósmicos aleatórios. é um ritmo constante, descompassado. busco mares. eu busco amares.

[escrever mesmo em tempos caos]

 

Música: Jagwar Ma

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s